DSpace
 

DSpace da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul >
CCHS - Centro de Ciências Humanas e Sociais >
CCHS - Teses e dissertações defendidas em outras instituições >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.cbc.ufms.br:8080/jspui/handle/123456789/2453

Título: O intelectual exilado em Augusto Roa Bastos
Autores: Lima, Damaris Pereira Santana
Orientadores: Esteves, Antonio Roberto
Chaves: Literatura e História
Literature and History
Memória na Literatura
Memory in Literature
Literatura Latino-Americana
Latin American Literature
Intelectuais
Intellectuals
Exílio
Exile (Punishment)
Roa Bastos, Augusto Antonio
Data de Emissão: 22-Dez-2015
Resumo: Este trabalho tem por objetivo demonstrar como a literatura articulada com a historiografia e a memória pode contribuir para a reelaboração da escrita da história. A partir da leitura crítica da trilogia do escritor Augusto Roa Bastos (1917-2005) - Hijo de hombre (1960), Yo el Supremo (1974) e El fiscal (1993) – este trabalho discute a questão do exílio e suas implicações na vida dos intelectuais, especialmente no século XX. Os textos são analisados à luz de referencial teórico que trata das relações entre história, memória, intelectual, poder e exílio. Os conceitos são abordados sob a perspectiva da literatura, literatura comparada e estudos históricos e culturais. Os personagens históricos envolvidos nas tramas do paraguaio Roa Bastos permitem revisitar a história de seu país, e contribuem para o estudo de sua identidade nacional. Os fatos históricos e os textos memorialísticos ficcionalizados permitem ao autor abordar questões como a relação entre história, memória e esquecimento, memória coletiva e poder.
ABSTRACT - This work aims to demonstrate how literature, combined with historiography and memory, can contribute to reworking history writing. From the critical reading of the trilogy written by Augusto Roa Bastos (1917-2005) - Hijo de hombre (1960), Yo el supremo (1974) and El fiscal (1993) - this research discusses the question of exile and its implications for the life of intellectuals, especially in the twentieth century. The texts are analyzed in the light of theoretical references that deal with relations between history, memory, intellectual, power and exile. The concepts are discussed from the perspective of literature, comparative literature and historical and cultural studies. The historical characters involved in Roa Bastos' plot allow revisiting the history of his country, and contribute to the study of national identity. The historical facts and the fictionalized memorialistic texts allow the author to discuss issues such as the relation between history, memory and forgetfulness, collective and power.
Aparece nas Coleções: CCHS - Teses e dissertações defendidas em outras instituições

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DAMARIS PEREIRA SANTANA LIMA.pdf1 MBAdobe PDFVer/abrir
Visualizar estatísticas

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.

 

Copyright � 2008 MIT & HP. Todos os direitos reservados.