DSpace
 

DSpace da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul >
Teses e dissertações defendidas na UFMS >
Programa de Pós-graduação em Eficiência Energética e Sustentabilidade >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufms.br:8080/jspui/handle/123456789/2606

Título: Análise do processo construtivo de taipa mecanizada: estudo de caso da sede do canteiro experimental da UFMS
Autores: Veraldo, Ana Carolina
Orientadores: Yuba, Andrea Naguissa
Chaves: Solo - uso
Land Use
Construção Sustentável
Sustainable Construction
Construção Civil
Construction
Data de Emissão: 2015
Resumo: O efetivo potencial da técnica construtiva da taipa, como possibilidade para o mercado da construção civil, requer ações setoriais e também de cunho técnico. A ausência de normas técnicas e profissionais capacitados, são algumas dificuldades enfrentadas na propagação da técnica, mas também há as de âmbito tecnológico e sistêmico. Com base em dados coletados na construção de um protótipo habitacional, um curso de capacitação para produção de paredes de taipa e também na literatura, o presente estudo analisa as etapas e atividades do processo construtivo de um protótipo, do ponto de vista tecnológico, estético e sistêmico. Foram avaliados os equipamentos utilizados na produção das paredes de taipa, as soluções de projeto adotadas, o desempenho físico-mecânico, a produtividade e os defeitos ocorridos. Um método para medição in loco foi estruturado para a mensuração desses defeitos. Delineou-se também, no âmbito sistêmico, o cenário da cadeia produtiva da taipa no Brasil, com seus gargalos, lacunas e perspectivas. Os resultados mostram que o conjunto de soluções adotadas tem aspectos positivos a serem mais bem estudados: alguns arranjos da mecanização agregaram produtividade, soluções de desenho trouxeram mais qualidade de acabamento, a boa apropriação da técnica. Há melhorias a serem introduzidas no projeto dos equipamentos, pelo alto custo de aquisição e transporte nas condições atuais. É preciso aumentar o grau de controle dos procedimentos construtivos e a realização de mais ações para estruturação do setor, envolvendo o meio acadêmico, o mercado imobiliário, o setor produtivo, de serviços e usuários.
ABSTRACT - The effective potential of the construction technique of rammed earth, as a more sustainable building construction system for the construction industry, requires sectoral actions and also technical ones. The lack of technical standards and trained agents, are some of the barriers to transfer the technology properly. But, there are also technological and systemic issues to be solved before. Based on data collected during the construction process of a housing prototype, a training course and literature review, this study presents the analysis of the prototype production process, from the technological, aesthetical and systemic point of view. The equipments used were assessed, as well as design solutions, physical and mechanical performance, productivity and defects. A method to measurement of these defects was structured to be applied in loco. In a systemic view, a scenario of the production chain in Brazil was developed, including the obstacles, lacks and some perspectives. The results show that there were benefits: some mechanization arrangement brought productivity, design solutions were positive to aesthetical quality and the technique acceptance. There are also improvements to be introduced, in machinery design, because of acquisition and transport high cost. The construction procedures have to be controlled and the stakeholders roles have to be defined. It has to be done involving the academy, real estate market, the stakeholders and users.
Aparece nas Coleções: Programa de Pós-graduação em Eficiência Energética e Sustentabilidade

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ANA CAROLINA VERALDO.pdf62.89 MBAdobe PDFVer/abrir
Visualizar estatísticas

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.

 

Copyright � 2008 MIT & HP. Todos os direitos reservados.